IRATA Nacional e Internacional

Confira as últimas notícias em nosso blog.

IRATA Nacional e Internacional

IRATA Nacional e Internacional

Muitas pessoas desconhecem a importância do papel que exercem os certificados comprovadores de proficiência da empresa e seus profissionais. Como trazemos de forma recorrente aqui no blog, há uma série de normas que definem as condições seguras para o desenvolvimento dos trabalhos em altura, de modo que a qualidade e a segurança dos profissionais seja mantida.

Os certificados caminham neste sentido. Comprovam o compromisso da empresa com os protocolos e as boas práticas ao desenvolvimento dos trabalhos. Uma dessas garantias é o protocolo IRATA. Mas o que este nome significa? É o que veremos neste post.


O que é a IRATA?

A organização IRATA foi criada por um empresário do ramo de petróleo e gás, na década de 1980, em um momento que os trabalhos em altura ganhavam força enquanto atividade profissional proveniente do rapel e do alpinismo, à época, cada vez mais popular, e, neste sentido, verificou-se a necessidade de discutir e formatar as técnicas de acesso por cordas.

Neste contexto, a Industrial Rope Access Trade Association acabou por reunir e aprimorar, ao longo dos anos, as técnicas de acesso por cordas para além do setor inicial, petróleo e gás, abarcando também áreas como construção civil, serviços de inspeção, manutenção e limpeza em fachadas, manutenção predial, entre outros.

Com um objetivo muito claro de proporcionar um ambiente de trabalho em altura ainda mais seguro, o sistema IRATA causou uma verdadeira revolução na segurança do trabalho na indústria, graças ao respaldo técnico rigoroso e suas orientações que elevaram o nível do ambiente de trabalho a um patamar inédito.

Por essa razão, tornou-se referência global em protocolos de segurança para a indústria e na qualificação profissional em trabalho em altura, com grande relevância também no mercado brasileiro.

    + de 30 mil técnicos treinados nos padrões IRATA;

    + de 200 empresas associadas.


A organização IRATA no Brasil

Com efeitos benéficos na indústria do mundo todo, a necessidade de orientações à nossa indústria nacional inspirou a criação da IRATA Brasil, própria para o atendimento dos associados em território brasileiro, visando garantir o cumprimento dos procedimentos em acesso por corda e tornando-os universais.

Esta união de esforços permitiu um grande avanço no cenário da segurança do trabalho no Brasil, pois dispõe de um ambiente que fomenta a troca de informações e experiências de diversas empresas, a realização de pesquisas e a produção de conhecimento acerca do tema.

Podemos observar os efeitos da IRATA, de uma maneira mais objetiva, quando verificamos os níveis de qualificação e a metodologia empregada. Visando sempre a aplicação das regras de segurança no alpinismo industrial, os técnicos responsáveis pelos serviços são divididos em três categorias, cada qual com seu nível de qualificação para suas funções específicas.

Nível 1 - Os profissionais qualificados como nível 1 (N1) possuem uma experiência mínima em curso para alpinismo industrial de 8 horas de teoria e 32 horas de prática, totalizando 40 horas, mais prova. São profissionais encarregados da execução das tarefas.

Nível 2 - Os profissionais qualificados como nível 2 (N2) também possuem uma experiência mínima em curso para alpinismo industrial de 8 horas de teoria e 32 horas de prática, totalizando 40 horas, mais prova. No entanto, é necessário ainda, no mínimo, 1 ano de experiência e 1.000 horas acumuladas de trabalho na função N1, registradas no logbook do profissional. Sua qualificação os capacita para liderar a equipe de trabalho.

Nível 3 - Os profissionais qualificados como nível 3 (N3) possuem uma experiência mínima em curso para alpinismo industrial de 16 horas de teoria e 32 horas de prática, em um total de 48 horas, mais prova avaliadora. Neste caso, é necessário pelo menos 3 anos de experiência e 2.500 horas acumuladas de trabalho na função N2, registradas em seu logbook. Logo, este é um profissional que já passou pelos níveis N1 e N2. Sua qualificação os capacita para as funções de planejamento do sistema de segurança e a análise dos riscos.

Essa organização de tarefas regida pelo nível de qualificação é uma metodologia que permite o planejamento, a execução e a supervisão dos trabalhos de acesso por cordas de uma maneira mais segura, com passos a serem seguidos de acordo com a capacidade técnica de cada trabalhador. O resultado é a grande redução dos riscos envolvidos.

Segundo a IRATA, as técnicas e a metodologia de segurança podem e devem ser aplicadas nas diversas áreas da indústria, como em construção, manutenção e reparação de grandes estruturas, limpeza e pintura, serviços de engenharia e estruturas para mídia e entretenimento.

São opções de serviços que requerem alta capacidade técnica e rigor no cumprimento das regras de segurança, presentes nos serviços Top Team Brasil.

Possuímos os três níveis de certificação IRATA em nosso corpo técnico, contando com profissionais com reconhecida experiência, e certificação nacional e internacional. São cuidados como esses que nos colocam como referência em trabalho em altura. Conte com a Top Team Brasil!

Tags: trabalho em altura; nr 35; manutenção predial; manutenção industrial; trabalhos especiais em altura; acesso por corda; alpinismo industrial; irata brasil; irata internacional; Industrial Rope Access Trade Association; sistema de segurança; análise de risco


SOLICITE UM ORÇAMENTO

Trabalho e Soluções em Altura é com a Top Team Brasil.


Os campos com * são obrigatórios

Artigos sugeridos